sábado, janeiro 31, 2009

sexta-feira, janeiro 30, 2009

Dançando a Valsa com Bashir..



Gostam do título? Faz lembrar aquelas traduções manhosas brasileiras.. he he

Waltz with Bashir não tem nada a haver com as aulas de dança do actual presidente do Sudão ok? ;) (Omar Hasan Ahmad al-Bashir)

Poderia aqui dizer de que trata o filme ( uma espécie de filme-denúncia do massacre em Beirute, em 1982, levado a cabo pelo exército israelita..) , mas para isso já existem dezenas de sites e artigos.. os quais já consultei pois fiquei com curiosidade sobre o tema quando saí do cinema..

O cinema tem ou pode ter diversos propósitos, entre os quais:

fazer-nos rir..
esquecer momentaneamente as nossas vidas..
fazer-nos chorar.. de alegria ou tristeza..
fazer-nos pensar.. questionar..
informar-nos..
alertar-nos..
educar-nos.. (isto é muito relativo e dava "pano para mangas compriiiidas"..)
etc.. etc..

A denúncia de actos, actuais ou passados, que merecem a nossa atenção é um deles também e é precisamente o caso deste filme..

Achei magnífica a forma como esta história nos é contada.. a visão pessoal do acontecimento é simplesmente genial.. sentimo-nos presos ao ecrã (tela.. wathever.. hehe) desde o primeiro minuto..

Os 2 minutos finais mudam completamente o nosso estado de espírito.. curioso como dependente da "forma e cor" com que nos apresentam uma história ela nos toca de formas diferentes.. ou até nem toca..

É um filme diferente.. para mim, muito bom! (Nota 9 de 0 a 10)


Aproveito então para vos desejar um excelente Fim de Semana e façam coisinhas boas..! ;)

quinta-feira, janeiro 29, 2009

Bird on the Wire




Hoje deixo aqui a letra de uma música que adoro..

Conheço as versões de Jonhy Cash e de Joe Cocker, porém a que mais gosto é mesmo a de Leonard Cohen..


Espero que gostem..




Like a bird on the wire,

like a drunk in a midnight choir

I have tried in my way to be free.

Like a worm on a hook,

like a knight from some old fashioned book

I have saved all my ribbons for thee.

If I, if I have been unkind,

I hope that you can just let it go by.

If I, if I have been untrue

I hope you know it was never to you.



Like a baby, stillborn,

like a beast with his horn

I have torn everyone who reached out for me.

But I swear by this song

and by all that I have done wrong

I will make it all up to thee.

I saw a beggar leaning on his wooden crutch,

he said to me, "You must not ask for so much."

And a pretty woman leaning in her darkened door,

she cried to me, "Hey, why not ask for more?"



Oh like a bird on the wire,

like a drunk in a midnight choir

I have tried in my way to be free.


*****


Beijinhos e abracinhos, azuis "Pistachio claro !




PS: Disse no post anterior que me ia ausentar e curtir a "constipação" sózinho.. de facto não vou desaparecer, o que quis dizer é que provavelmente estarei menos presente do que o costume e mais na sombra.. mais caladinho, mas sempre a respirar.. espero.. lol

quarta-feira, janeiro 28, 2009

Palhaço triste..




Existem pessoas que conseguem esconder muito bem e guardar só para si o que na verdade sentem. O seu verdadeiro estado de espírito nem sempre é o que transparece.. outros não. São transparentes..

Ora eu pertenço ao segundo grupo.. Quando estou mal disposto ou triste toda a gente (poderia ter escrito “todos” porém escolhi escrever como se estivesse a falar pois a minha intenção é que me “ouçam” em vez de me lerem..) nota e penso que não só por ser muito transparente, mas porque sou uma pessoa alegre, bem disposta, extrovertida e é normal as pessoas estranharem se eu estou mais caladito..

Quem me conhece minimamente sente que não tenho andado bem.. o Carlos alegre, animado, que faz rir todos com o seu (por vezes demasiado seu..) sentido de humor tem andado como o tempo, cinzento.. E é precisamente o clima um dos responsáveis por esta minha fase menos azul (para quem não sabe, azul é a minha cor e para mim sinónimo de tranquilidade, alegria, paz, sereninade, beleza, felicidade..), contudo existem outros factore claro..

Hoje recebi um mail (antes eram cartas.. sinais dos tempos.. é mais fácil.. mais rápido.. porém ainda prefiro as cartas..) de uma amiga muito especial, que apesar da distância, estará sempre por perto, que me disse: “depois de ler os teus últimos post’s cheguei a um ponto em que dei por mim a pensar: “Que anda este homem a pensar?!”… mais uma vez digo, tudo pode ser impressão minha, mas, sinceramente, não te vejo no que escreves, dá-me a sensação de estares a escrever coisas para esconderes o que de verdade queres dizer... ” e não precisei de lê-la duas vezes para saber que ela tem razão..

Quero aqui dizer que estou cansado.. que neste momento não me quero rir.. bem sei que é o que todos esperam que faça sempre, pois é essa a imagem que teem de mim (tal como se espera que o palhaço esteja sempre a rir e a fazer rir..) e é também como eu me vejo, uma pessoa alegre, positiva, que gosta de rir e fazer rir, que adora viver, porém apesar de ser gajo e portanto não ter TPM ou SPM acho que também eu tenho direito a umas fases mais cinzentas.. ;)

Não quero fingir que tá tudo bem e não o pretendo fazer, mas também sei que não tenho o direito (nem quero) de contagiar ninguém com a minha falta de humor..
Adoro contagiar todos à minha volta mas pela positiva, sentir que contribuo para fazer do Mundo um sítio mais colorido..

Neste momento não me sinto capaz, com energia nem vontade de o fazer e ,como tal, o melhor é mesmo afastar-me e “curtir” sozinho esta “constipação”..
Sou forte e sei que “... essa tempestade um dia vai acabar...” , como diria a Ivete. ;)

Até lá manter-me-ei a “boiar”.. ao sabor da corrente.. em breve terei forças para nadar até à margem.. eu sei que será assim! :)

Um dia azulinho para todos!

terça-feira, janeiro 27, 2009

Ménage..



A Vicky e a Cristina em Barcelona..





Opáh.. imagina que vais ver um filme de um realizador (Woody Allen) que admiras imenso e com cujo humor te identificas.. imagina que nesse filme entram 2 das tuas actrizes (Scarlett Johansson e Penélope Cruz) preferidas.. imagina que esse filme se desenrola numa das tuas cidades (Barcelona.. se bem que grande parte do filme de "desenrola" em Oviedo..) de eleição.. imagina que trata sobre um dos temas (relações amorosas) que mais gostas de discutir.. agora junta guitarra espanhola.. mexe um pouco e.. Tá pronto a servir! E apesar de ainda não teres provado já sabes que vais adorar "balle"? ;)



Bom não vou falar dos prémios (globo de ouro, óscar,..) pois há muito que aprendi que não é isso que me diz se um filme é bom ou mau (11 estatuetas para o Titanic dá pra perceber o que quero dizer não..?..).
Rebecca Hall foi uma agradável surpresa.. confesso que adorei o "The Prestige" mas que ela me passou um pouco ao lado.. vou estar mais atento aos seus próximos trabalhos.. ;)
Nota também para Javier Bardem que faz um excelente papel.. cá pra mim não lhe custou assim tanto, pois no fundo a personagem é um pouco parecida com o próprio.. grande grande interpretação! ;)


Não tenho andado muito feliz nos últimos tempos.. por diversas razões, mas quando saí ontem do cinema sentia-me bem.. ri-me imenso e soube mesmo muito bem aqueles 96 minutinhos.. :)

Obrigado Woody Allen.. ;)



sábado, janeiro 24, 2009

Espelho meu, espelho teu..


Crio hoje uma nova secção no meu Blog: Kurinfo - curiosidades e informações mais ou menos úteis.. e pra começar escolhi uma informação que julgo bastante útil , não só pra mulheres, mas para todos aqueles que não querem ver a sua "privacidade" invadida..
Já todos ouvimos falar dos espelhos com duas faces, espelhos falsos, daqueles que costumamos ver nos filmes nas salas de interrogatórios.. bom, o facto é que anda por aí muito tarado a fazer (ab)uso deles.. enfim..
Bom aqui fica então a explicação e o que devemos fazer para nos protegermos:
Serviço de Utilidade Pública em Prol da Integridade Feminina:Não é para assustar, mas para alertar.
Isto foi ensinado por uma mulher polícia.
Quando as mulheres vão às casas de banho, quartos de hotel, vestiários,ginásios, etc., quantas podem estar certas de que o espelho, aparentementecomum, pendurado na parede é um espelho verdadeiro ou um espelho deduas direcções?
Daqueles em que você vê a sua imagem refletida, masalguém pode estar a vê-la do outro lado do vidro, como os do BigBrother.
Tem havido muitos casos de pessoas que instalam espelhos de duasdireções em locais frequentados por mulheres, para filmar, fotografarou simplesmente ficar a olhar. É muito difícil identificarpositivamente, o tipo de espelho,apenas olhando para ele. Então, como podemos determinar com precisãoque tipo de espelho é o que estamos a ver?
É muito simples.
Faça apenas este teste: Toque na superfície refletida com a ponta da unha.Se existir um ESPAÇO entre a sua unha e a imagem refletida, o espelhoé GENUÍNO.
O espaço é equivalente à espessura do vidro do espelho,pois a parte que reflete é a parte do FUNDO do vidro e não a parte dafrente.Entretanto, se a sua unha TOCA DIRECTAMENTE na imagem, NÃO havendo umespaço então CUIDADO COM ELE, POIS É UM ESPELHO DE DUAS DIRECÇÕES. A parte que reflecte é a parte da frente, não a do fundo do vidro.Então, lembre-se que, de cada vez que veja um espelho, faça o 'teste da unha'. Tem que haver um espaço! Caso não haja, aproveite e chame apolícia, pois trata-se de um crime previsto na lei.

sexta-feira, janeiro 23, 2009

Um pouco de céu..



Sexta-Feiraaaaaaa!! Finalmente chegou o dia do concerto da Mafaldinha!
Tenho os albuns todos dela e gosto bastante do último porém hoje decidi deixar aqui a letra da minha música preferida dela, "um pouco de céu". É simplesmente magnífica.. identifico-me tanto com ela..

..

E uma vez que o tempo teima em manter-se em tons de cinza, a imagem reflete também isso..


Um excelente fim de semana, o meu será dividido entre trabalho (tenho um projecto pra entregar na 2ª e a coisa não está fácil..) , tarefas domésticas e se o tempo deixar um passeio para tirar umas fotografias, além claro das visitas aos amigos e afilhada.. :)

Beijinhos e abraços!



Um Pouco De Céu


Só hoje senti que o rumo a seguir levava pra longe
senti que este chão já não tinha espaço pra tudo o que foge
não sei o motivo pra ir só sei que não posso ficar
não sei o que vem a seguir mas quero procurar

e hoje deixei de tentar erguer os planos de sempre
aqueles que são pra outro amanhã que há-de ser diferente
não quero levar o que dei talvez nem sequer o que é meu
é que hoje parece bastar
um pouco de céu
um pouco de céu

só hoje esperei já sem desespero que a noite caísse
nenhuma palavra foi hoje diferente do que já se disse
e há qualquer coisa a nascer bem dentro no fundo de mim
e há uma força a vencer qualquer outro fim
não quero levar o que dei talvez nem sequer o que é meu
é que hoje parece bastar
um pouco de céu
um pouco de céu


Composição: Mafalda Veiga

quinta-feira, janeiro 22, 2009

Criiiise..


Na peixaria:

Mulher: "Bom dia sr. Manel ! Tem jaquinzinhos?


Manel: Tenho sim minha senhora !


Mulher: Dê-me então duas postinhas do meio por favor !!!


...

quarta-feira, janeiro 21, 2009

O teu caminho és tu..




















Sobre o Caminho

Nada nem o branco fogo do trigo nem as agulhas cravadas na pupila dos pássaros te dirão a palavra

Não interrogues não perguntes entre a razão e a turbulência da neve não há diferença

Não colecciones dejectos o teu destino és tu

Despe-te não há outro caminho

Eugénio de Andrade, in "Véspera da Água"

Vem por aqui..


Por vezes custa sair da cama, não por estar frio ou por se ter sono, apenas porque não temos força, energia, vontade.. "Para quê?" pensamos.. "Estou farto, cansado.."

O nosso caminho nem sempre é fácil e por vezes é mesmo muito difícil, contudo é aquele que escolhemos (curiosa esta palavra.. caso não acrescente mais nada não é possível saber se me estou a referir ao presente ou ao passado.. talvez a ambos neste caso..) seguir e apesar de nos parecerem frases "cliché" o que é facto é que "O que não nos mata torna-nos mais fortes" funciona mesmo! ;)

Há dias em que é uma vitória ter dado uns quantos passos para trás e mantermo-nos em pé.. ou pelo menos dispostos a continuar..
É que a pancada às vezes é mesmo muito forte..
Este tema faz-me lembrar um dos poemas mais bonitos que conheço e que penso que vem a propósito ..
"Cântico Negro"

"Vem por aqui" - dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços, E nunca vou por ali...


A minha glória é esta:
Criar desumanidade!
Não acompanhar ninguém. -
Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre à minha mãe
Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...
Se ao que busco saber nenhum de vós responde
Por que me repetis: "vem por aqui!"?


Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...

Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...

Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! Tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátria, tendes tectos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
Eu tenho a minha Loucura !
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém.
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções!
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
- Sei que não vou por aí!





José Régio, in 'Poemas de Deus e do Diabo'









terça-feira, janeiro 20, 2009

segunda-feira, janeiro 19, 2009

Beija a mim Sr. Botões!




Tive um fim de semana tranquilo.. também sabe bem não é?


Sexta fiquei por casa e no Sábado fui jantar ao Lucca (uma pizza com malaguetas verdes acompanhada de um vinho tinto "Corvo" italiano que é de lamber os beiços..) e depois beber um copo (força de expressão..) ao B.A. que pra meu espanto estava "apinhado" de gente.. o que é fixe neste tempo de frio, afinal nada como o calor humano balle? ;)



Bom, depois de esperar que a lesão que contraí na 2ª feira passasse por si só (ok.. devia ter rezado..) resolvi ontem, Domingo à tarde, ir até ao Hospital Amadora Sintra.. é que não tinha nada melhor pra fazer estão a ver?


Lá fiz o "Raio do Xis" que acusou um esquelo lindo e branquinho e nada de anormal.. o "Xô Dotori" ainda me tentou desatarrachar a perna mas por mais voltas e reviravoltas que ele tivesse dado o facto é que nem por uma vez senti dores no Hospital.. saí de lá curado!! Aleluia, aleluia! Pior foi quando entrei pro carro e lá estava a "dorzinha".. malandra..


Bem, mas não coloquei esta imagem do rabinho do Brad pra falar de mim..


À noite, pra comemorar, fui até ao Alvaláxia (que agora tem uma musiquinha de fundo simplesmente pavorosa..) ver um filme "curioso".. ;)


"O Curioso Caso de Benjamim Button" é um filme hum.. "curioso".. tem muito mais do que parece.. é um filme original, daqueles que não esquecemos que vimos..
Não o considero uma obra prima, porém é um filme muito agradável, apesar de, a meu ver, poder ter menos meia horita bem como um "boneco" melhorzito.. é que fez-me recordar o Total Recall e hoje em dia os efeitos especiais estão um "cadito" mais evoluídos certo? Dou-lhe um 8 (de 0 a 10).


Engraçado pensar que por mais diferente (isto não me soa nada bem..) que sejam os nossos caminhos, o fim, esse será sempre o mesmo.. é por isso que devemos aproveitar o presente como isso mesmo, um "Presente".. ;)



"Carpe, carpe diem, seize the day boys, make your lives extraordinary." - "O Clube dos poetas mortos"

sexta-feira, janeiro 16, 2009

Dance me..





Dance me to your beauty with a burning violin
Dance me through the panic 'til I'm gathered safely in
Lift me like an olive branch and be my homeward dove
Dance me to the end of loveDance me to the end of love


Oh let me see your beauty when the witnesses are gone
Let me feel you moving like they do in Babylon
Show me slowly what I only know the limits of
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love


Dance me to the wedding now, dance me on and on
Dance me very tenderly and dance me very long
We're both of us beneath our love, we're both of us above
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love


Dance me to the children who are asking to be born
Dance me through the curtains that our kisses have outworn
Raise a tent of shelter now, though every thread is torn
Dance me to the end of love


Dance me to your beauty with a burning violin
Dance me through the panic till I'm gathered safely in
Touch me with your naked hand or touch me with your glove
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love

Leonard Cohen

Uma música linda, com uma letra magnífica.. Obrigado Marina pela partilha! ;)

E por falar em dançar.. Pois é, gosto de dançar.. e muito!

Hip-Hop - é giro inventar montes e vales de coreografias.. "sentir o beat topas?"

Techno (e derivados..) - é tão bom pra perder calorias.. sair da disco já de manhã e com a roupa colada ao corpo..

Danças de salão (Salsa, coentros, etc) - este estilo requer companhia, nem q seja a da vassoura.. hehe já lá vão uns aninhos desde que frequentei uma escola de dança.. qd penso nisso dá-me saudades.. se calhar um dia destes inscrevo-me de novo..


E como este fim de semana se apresenta um pouco pro cinzento acho que a minha dança vai ser mesmo lá por casa a arrumar a minha salinha de estar ( a única ainda por arrumar) e a dar uma limpeza geral.. eu e a minha vassoura vamos arrasar!! ;)


Bom fim de semana e dancem, dancem, dance me to the end of weekend.. ;)

quinta-feira, janeiro 15, 2009

Tá a choveeeeer Cristiaaano !!!


Opáh.. bem sei que a chuva faz falta e que até estamos na altura dela, mas podia chover só de noite.. mas pior que a chuva é mesmo este tempo frio e cinzento a fazer lembrar Londres.. já não bastava a crise e o facto de estar lesionado (torci ligeiramente o joelho..) e agora este tempo da treta.. o que vale é que tenho ar condicionado no emprego.. ;)

Enfim, depois da conversa sobre o tempo (que dá imenso jeito nos elevadores..) quero aqui deixar uma palmadinha NAS COSTAS (sim, não tenho por hábito dar palmadinhas no rabo de homens..) do nosso Cristiano Ronaldo e dar-lhe os parabéns! Ganhou tudo o que havia pra ganhar, 5 prémios num só ano e o mundo rendido às suas chuteiras!

Quero ainda salientar que o nosso Ronaldo ganhou também a corrida contra o Bugatti Veyron que "só" tem 1001 cv !!! Não acreditam? Vejam aqui!

Já agora: o melhor jogador do mundo é mais uma vez português, como é que é possível a nossa selecção nunca ter ganho nada ??

Curioso não acham..?






quarta-feira, janeiro 14, 2009

Não casem meninas..



Não se Casem Raparigas

Já viram um homem em pêlo
Sair de repente da casa de banho
Escorrendo por todos os pêlos
Com o bigode cheio de pena
Já viram um homem muito feio
A comer esparguete
Garfo em punho e ar de bruto
Com molho de tomate no colete
Quando são bonitos são idiotas
Quando são velhos são horríveis
Quando são pequenos são maus
Já viram um homem gordo à beça
Extrair as pernas do ó-ó
Massajar a barriga e coçar as guedelhas
Olhando pensativo para os pés
Não se casem raparigas não se casem
Façam antes cinema
Fiquem virgens em casa do papá
Sejam serventes no carvoeiro
Criem macacos criem gatos
Levantem a pata na Ópera
Vendam caixas de chocolate
Professem ou não professem
Dancem em pêlo para os gagás
Sejam matadoras na avenida do Bois
Mas não se casem raparigas
Não se casem
Já viram um homem à rasca
Chegar tarde para o jantar
Com baton no colarinho
E tremeliques nas gâmbias
Já viram no cabaret
Um senhor não muito fresco
Roçar-se com insistência
Numa florzinha de inocência
Quando são burros aborrecem
Quando são fortes fazem sports
Quando são ricos guardam o milho
Quando são duros torturam
Já viram ao vosso braço pendurado
Um magrizela de olhos de rato
Frisar os três pêlos do bigode
E empertigar-se com um ar de bode
Não se casem raparigas não se casem
Vistam os vossos vestidos de gala
Vão dançar ao Olímpia
Mudem de amante quatro vezes por mês
Peguem na massa e guardem-na
Escondam-na fresca debaixo do colchão
Aos cinquenta anos pode servir
Para sacar belos rapazes
Nada na cabeça tudo nos braços
Ah que bela vida será
Se não se casarem raparigas
Se não se casarem
Boris Vian, in "Canções e Poemas"
Agora digam-me se há mais divórcios por ano do que casamentos, se hoje em dia ninguém esté para aturar as manias de ninguém, se todos querem ter mais direitos que deveres, se querem manter a liberdade e independência, porque é que continuam a casar-se meninas? É que pra viajar não é preciso casar..
Bem sei que estou um pouco "descrente" porém penso que o casamento tal como o conhecemos tem os dias contados.. terá de acompanhar o "evoluir" da nossa sociedade e adaptar-se..
Depois não digam que não avisei.. ;)
PS: já agora, em relaçã à imagem escolhida.. o que vos diz..?

sexta-feira, janeiro 09, 2009

Once again.. and again..

"Once" - "No mesmo tom"


Ora cá está mais uma pérola das nossas traduções de "títalos" de inglês para português.. enfim, adiante, este filme foi uma agradável surpresa.. e o engraçado é que até tinha algumas espectativas..

É um filme diferente.. que género de filme é? Um romance-musical!
O filme roda em torno de um rapaz (Glen Hansard membro da banda irlandesa The Frames cujo ex-vocalista é precisamente o realizador e argumentista..) que toca e canta na rua para ganhar uns trocos e de uma emigrante (Marketa Irglova também ela cantora, compositora e actriz nascida na Rep. Checa) que vende flores na rua..

A música une-os (a eles e a nós..) e entre eles algo de mágico começa a crescer.. (cuidado com esses pensamentos pecaminosos seus marotos..)

A banda sonora é simplesmente espectacular o que lhe valeu o Óscar de melhor canção original em 2008 com a música "Falling slowly".

Bom, é daqueles filmes que seguramente quero voltar a ver.. e rever.. e rever.. .. ..

quinta-feira, janeiro 08, 2009

Mafaldinha no Coliseu dia 23!


Bom ano!
Este ano devo ter-me portado muito bem, pois apesar de poucas, as minha prendinhas foram muito boas.. entre as quais um bilhete para ir assistir ao concerto da Mafalda Veiga no próximo dia 23 deste mês no Coliseu dos Recreios.
Tenho a certeza que vou adorar.. adoro as suas músicas.. têm letras cheias de poesia..
Deixo-vos com uma que neste começo de um novo ano faz muito sentido.. ;)
Faz parte
Trazes a vida nos braços
Pousas o mundo no chão
Largue os medos na estrada
E desmontas cada peça
De que é feito o coração
Deixas lá fora o cansaço
Desarmas a solidão
Brindas sonhos ao relento
Como quem junta os pedaços
Entre a loucura e a razão
Faz parte ser um pouco perdido
Faz parte começar outra vez
Faz parte ir atrás dos sentidos
E voar a sentir o mundo na ponta dos pés
Guardas a vida nos braços
Pousas os dias no chão
Brinda sonhos ao relento
Como quem junta os pedaços
De quem é feito o coração
Trazes o tempo desfeito
No que procuras em ti
Se olhares no fundo do peito
Saberás quem és
Mesmo até ao fim
Faz parte ser um pouco perdido
Faz parte começar outra vez
Faz parte ir atrás dos sentidos
E voar a sentir o mundo na ponta dos pés