sábado, janeiro 24, 2009

Espelho meu, espelho teu..


Crio hoje uma nova secção no meu Blog: Kurinfo - curiosidades e informações mais ou menos úteis.. e pra começar escolhi uma informação que julgo bastante útil , não só pra mulheres, mas para todos aqueles que não querem ver a sua "privacidade" invadida..
Já todos ouvimos falar dos espelhos com duas faces, espelhos falsos, daqueles que costumamos ver nos filmes nas salas de interrogatórios.. bom, o facto é que anda por aí muito tarado a fazer (ab)uso deles.. enfim..
Bom aqui fica então a explicação e o que devemos fazer para nos protegermos:
Serviço de Utilidade Pública em Prol da Integridade Feminina:Não é para assustar, mas para alertar.
Isto foi ensinado por uma mulher polícia.
Quando as mulheres vão às casas de banho, quartos de hotel, vestiários,ginásios, etc., quantas podem estar certas de que o espelho, aparentementecomum, pendurado na parede é um espelho verdadeiro ou um espelho deduas direcções?
Daqueles em que você vê a sua imagem refletida, masalguém pode estar a vê-la do outro lado do vidro, como os do BigBrother.
Tem havido muitos casos de pessoas que instalam espelhos de duasdireções em locais frequentados por mulheres, para filmar, fotografarou simplesmente ficar a olhar. É muito difícil identificarpositivamente, o tipo de espelho,apenas olhando para ele. Então, como podemos determinar com precisãoque tipo de espelho é o que estamos a ver?
É muito simples.
Faça apenas este teste: Toque na superfície refletida com a ponta da unha.Se existir um ESPAÇO entre a sua unha e a imagem refletida, o espelhoé GENUÍNO.
O espaço é equivalente à espessura do vidro do espelho,pois a parte que reflete é a parte do FUNDO do vidro e não a parte dafrente.Entretanto, se a sua unha TOCA DIRECTAMENTE na imagem, NÃO havendo umespaço então CUIDADO COM ELE, POIS É UM ESPELHO DE DUAS DIRECÇÕES. A parte que reflecte é a parte da frente, não a do fundo do vidro.Então, lembre-se que, de cada vez que veja um espelho, faça o 'teste da unha'. Tem que haver um espaço! Caso não haja, aproveite e chame apolícia, pois trata-se de um crime previsto na lei.

6 comentários:

sonhos/pesadelos disse...

credo!!!! se eu já não gostava de experimentar roupa nas lojas, os espelhos AUMENTAM as proporções,agora então é que deixo de o fazer...ah ah ah
boa dica mas....e quem rói as unhas como faz? põe de porcelana?que dilema...
bjs endiabrados

Alexia Blue disse...

Não temo espelhos, olhares, porque não são esses que invadem minha realidade, que perturbam quem sou!!!
Não temo trampas, armadilhas, subterfúgios, porque a realidade está aliada a eles e não estou para viver presa aos medos, aos temores!!!
O mundo, as pessoas, são assim, e ou nos escondemos e caminhamos perturbados pelos medos constantes ou aprendemos a enfrentar os dilemas, os problemas de frente e usar nossos dedos não para medir espaços, mas para os quebrar, porque todos os espelhos, mesmo os de duas faces, são de vidro e quebram com facilidade, que nem as maldições os tornam mais fortes que nós!!!

Girstie disse...

De facto é útil. Ninguém está a salvo!

crissy disse...

Nem imaginava que dava para ver assim! Que engraçado! Por vezes sinto-me um fóssil quando penso que há 20 anos, sendo teenager inconsciente podiamos fazer quase tudo sem haver perigo de nada destas coisas. Beijos. Informam o pessoal que bem precisamos!

Mimo Azul disse...

Boa dica!!!
Amanha por esta hora terás um desafio no meu cantinho :)´

bjcaaaaa

Gingerbread Girl disse...

Dassss

Isto é uma espécie de teoria da conspiração!!

SE eu um dia não encontrar o espaço entre a unha e o reflexo... tá tudo lixado! É um salve-se quem puder!


kiss*