quarta-feira, janeiro 14, 2009

Não casem meninas..



Não se Casem Raparigas

Já viram um homem em pêlo
Sair de repente da casa de banho
Escorrendo por todos os pêlos
Com o bigode cheio de pena
Já viram um homem muito feio
A comer esparguete
Garfo em punho e ar de bruto
Com molho de tomate no colete
Quando são bonitos são idiotas
Quando são velhos são horríveis
Quando são pequenos são maus
Já viram um homem gordo à beça
Extrair as pernas do ó-ó
Massajar a barriga e coçar as guedelhas
Olhando pensativo para os pés
Não se casem raparigas não se casem
Façam antes cinema
Fiquem virgens em casa do papá
Sejam serventes no carvoeiro
Criem macacos criem gatos
Levantem a pata na Ópera
Vendam caixas de chocolate
Professem ou não professem
Dancem em pêlo para os gagás
Sejam matadoras na avenida do Bois
Mas não se casem raparigas
Não se casem
Já viram um homem à rasca
Chegar tarde para o jantar
Com baton no colarinho
E tremeliques nas gâmbias
Já viram no cabaret
Um senhor não muito fresco
Roçar-se com insistência
Numa florzinha de inocência
Quando são burros aborrecem
Quando são fortes fazem sports
Quando são ricos guardam o milho
Quando são duros torturam
Já viram ao vosso braço pendurado
Um magrizela de olhos de rato
Frisar os três pêlos do bigode
E empertigar-se com um ar de bode
Não se casem raparigas não se casem
Vistam os vossos vestidos de gala
Vão dançar ao Olímpia
Mudem de amante quatro vezes por mês
Peguem na massa e guardem-na
Escondam-na fresca debaixo do colchão
Aos cinquenta anos pode servir
Para sacar belos rapazes
Nada na cabeça tudo nos braços
Ah que bela vida será
Se não se casarem raparigas
Se não se casarem
Boris Vian, in "Canções e Poemas"
Agora digam-me se há mais divórcios por ano do que casamentos, se hoje em dia ninguém esté para aturar as manias de ninguém, se todos querem ter mais direitos que deveres, se querem manter a liberdade e independência, porque é que continuam a casar-se meninas? É que pra viajar não é preciso casar..
Bem sei que estou um pouco "descrente" porém penso que o casamento tal como o conhecemos tem os dias contados.. terá de acompanhar o "evoluir" da nossa sociedade e adaptar-se..
Depois não digam que não avisei.. ;)
PS: já agora, em relaçã à imagem escolhida.. o que vos diz..?

4 comentários:

Isabel disse...

Há todo um ritual mágico...
É um sonho que, quando se deseja... deve, ou melhor, só pode ser uma das melhores sensações da vida!!
Mas isto é só a minha opinião de sonhadora e romântica incurável... deve ser normal quando já, desde os meus 18 anos, decidi onde adorava me casar... o único lugar onde sinto que pertenço... ali finalmente respiro fundo.. e o mais curioso é que nem vem no mapa!!

Sobre a imagem! Pois... infelizmente muito comum! Sorridente agarrada a um, e a olhar para outro... Esta não deve casar não, eheh!! :)

Beijokitas!

Karlytus disse...

Pois é.. isto de ser romântico é do caneco!! Mas com a idade e cabeçadas acaba por passar.. ou nao! lol


Qt à imagem.. detesto ver isto acontecer.. elas agarradinhas aos namorados e a fazerem olhinhos aos outros.. q falta de respeito! Porém a imagem ainda diz mais qq coisa.. ;)

Isabel disse...

Espero bem que Deus me conserve assim... e que nem idade, nem cabeçadas me façam ser "outra"... Já perdi demasiadas "partes de mim"... chega!!

Sim, é verdade, a moçoila agarrada a um fulano, bispa o outro jeitoso... o jeitoso faz olhinhos ao fulano... que retribui!!
Estes estavam mesmo condenados! OMG!!

technology disse...

Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
costume jewelry