segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Saberás que não te amo e que te amo






Olá Bom dia! Mais uma segunda-feira chuvosa.. mas temos em nós a capacidade de , apesar disso, sorrir e é precisamente isso a que me obriguei hoje assim que acordei.. :)




Acordei atrasado, vi que estava a chover e por um breve instante fui tentado a lamentar-me e a começar a semana mal humurado.. contudo resolvi fazer precisamente o contrário.. tomei banho como se não estivesse atrasado, escolhi uma roupa nova e lá fui eu a correr tomar o pequeno-almoço com a minha mãe ao café.. enquanto corria tentava saborear aquele vento fresco na cara..

O que é facto é que cheguei ao emprego perfeitamente a horas e bem disposto.. já me ri e fiz rir os que beberam café comigo.. ;)


Bem, agora vou aqui responder ao meu 1º desafio. Foi feito pela minha “amiga virtual” Mona Lisa
e consiste em:

1º - Agarrar no livro mais próximo 2º- Abri-lo na página 161 3º- Procurar a quinta frase completa 4º- Publicar essa frase no meu blog 5º- Passar para cinco pessoas, à escolha.

Pretendo alterar ligeiramente as regras.. Sei que ela me vai perdoar e penso que vocês também,.. Porquê? Eu explico tá? :)





Começo por dizer que neste momento acabei de ler o “Next”
do falecido Michael Crichton, que gostei bastante e que neste momento ainda não me decidi sobre qual o próximo a desfolhar.. resolvi pegar então num dos meus livros de poemas preferidos e rever alguns dos mais belos sonetos que já li..

Ora o que acontece é que este livro tem apenas 124 páginas e como tal ir até à página 161 torna-se bastante complicado, mesmo para alguém com a minha imaginação.. lol

Tomei então a liberdade de escolher um poema em vez do tal parágrafo.. e escolho um dos mais belos..

Já agora, quero também aqui partilhar convosco (com vocês parecia melhor, mas uma vez que estamos prestes a ler poesia pretendo criar aqui uma certa atmosfera.. ;) lol ) a forma como escolhi este livro, ou como verão a seguir como ele me escolheu a mim..

Fui até uma livraria ( que irei omitir o nome, pois apesar de gostar muito de lá ir, não gosto da sua política.. entraram em Portugal à uns anos prometendo preços imbatíveis e o que é facto é que isso não acontece.. enfim.. deixo este tema para uma próxima oportunidade..) e dirigi-me à zona de poesia.. peguei num livro ao acaso e fechando os olhos (juro que o fiz.. parece muito parvo, e talvez o seja mesmo..) concentrei-me e abri o livro ainda com os olhos fechado.. depois abri-os e li o poema que me estava a “fitar” :






“Saberás que não te amo e que te amo”

Saberás que não te amo e que te amo

pois que de dois modos é a vida,
a palavra é uma asa do silêncio,
o fogo tem uma metade de frio.

Amo-te para começar a amar-te,
para recomeçar o infinito
e para não deixar de amar-te nunca:
por isso não te amo ainda.

Amo-te e não te amo como se tivesse
em minhas mãos as chaves da felicidade
e um incerto destino infeliz.

O meu amor tem duas vidas para amar-te.
Por isso te amo quando não te amo
E por isso te amo quando te amo.


“Cem sonetos de Amor” , Pablo Neruda, pág. 56


Quando acabei de o ler fechei-o pois tinha a certeza que era mesmo aquele livro que tinha que ler.. ao fazê-lo vi pela primeira vez a capa de trás do livro e.. adivinhem o que lá estava.. há cem sonetos no livro, CEM, e o poema que estava lá era precisamente o que tinha acabado de ler ao acaso.. será que foi mesmo ao acaso?


..


..


..



Tenham uma semana linda e por favor façam por isso!!


Abracinhos e beijinhos!!!





PS: Uma vez que é um desafio com algum tempo calculo que já todos o tenham feito, porém quem ainda não o fez sinta-se convidado.. ;)

14 comentários:

sonhos/pesadelos disse...

boa escolha, belíssima! ai o relógio,desta vez não simulaste o atroplamento? ah pois, não houve tempo...loool
ler coisinhas tão lindas de manhã arranca sorrisos, mesmo quando eles teimam em fazer greve.
bjs azuis selados

korrosiva disse...

Lindo lindo este poema! :))

Uma semana muito feliz e com muito sorrisos :))

Gingerbread Girl disse...

Sem dúvida uma bela maneira de começar a semana...

Quarta-feira já vai fazer sol... ;)
Dizem eles... -.-'


kiss*

Karlytus disse...

Sonhos..: Obrigado.. n hoje n foi preciso a cena do atropelamento.. looooool há q ir variando.. ;)

Beijinho azuli e optima semaninha!

Korrosiva: Obrigado.. pra ti tb sim? Beijinho com energia positiva!

Girgerbread: só na 4ª ??? e vem pra ficar?? espero q siiiiiiim.. ;)

Beijos mil!

Very Irrésistible disse...

este poema de pablo neruda é a legenda do meu coração nestes últimos tempos. se eu fosse importante, diria que foi escrito para mim.

foi bom conhecê-lo. obrigada!

beijo bom

Karlytus disse...

Very Irr.: Se é a legenda do teu coração entao deves ter um coraçao lindíssimo! :) Qt ao seres importante.. somos todos! Acredita nisso..

Beijinhos para ti!

Girstie disse...

Belo poema sem dúvida. Há coisas ao acaso que vêm mm a calhar e nos fazem pensar :)
beijo

Katia disse...

axo k tomas-t a melhor opxao.... komexar a semana a sorrir e fazer rir =)...
kt ao poema é lindo sem duvid =)
bjs bjs e boa semana =)

Mona Lisa disse...

Gostei de ler as contradições e extremos retratados neste belo poema! E já agora, nada acontece por acaso, simplesmente porque os acasos não existem.
beijo e boa semana!

Sónia disse...

Mas que belo poema lhe saiu na rifa, sim senhor.
Lindo.
E gostei dessa parte de acordar um pouco mal-humorado e depois dar a volta e fazer desse dia um belo dia.

Karlytus disse...

Girstie: A mim há demasiadas coisas q me fazem pensar.. lol :)
beijo pra ti

Karlytus disse...

Katia: Concordo.. obrigado.. :)
beijitos pra ti e boa semanita

Karlytus disse...

Mona Lisa: Essa é tb a minha opiniao.. acredito q tudo acontece por uma razao.. por vezes n sabemos qual é mas ela existe.. ;)
Beijinho azul pra ti..

Karlytus disse...

Sónia: obrigado.. :) e p.f. trata-me por tu sim? ;)
Beijinhos pra ti!