segunda-feira, outubro 30, 2006

Rumos..


"De nada vale ser empurrado pelo vento se não soubermos em que direcção nos dirigimos.."

Cá estou eu.. parado.. no meio de uma rotunda sem saber que direcção seguir..

Ás vezes preferia ter nascido 50 anos antes e filho de um oleiro.. pelo menos sabia para o que tinha nascido e saberia onde aplicar a minha energia, dedicação e empenho..

Não querendo parecer convencido, acho que o facto de ter aptidão para diversas actividades me tem prejudicado, pois fico sem saber a qual me dedicar.. acabando por tentar fazer tudo e no fundo não fazendo nada..

Ontem a minha "prima" Xujana, quando a informei sobre o meu novo Blog, Movie It! ( o 5º onde participo.. este sobre cinema..) disse-me que achava que eu não iria conseguir mantê-los todos ou pelo menos iria ser complicado dar atenção a todos..

Pensador como sou, fiquei a matutar no que ela me disse e comecei a fazer associações e analogias com a minha vida..
Realmente às portas dos 30 e ainda sem saber o que quero ser quando for grande..
  • Podia ter sido músico.. touquei durante alguns anos em casamentos, baptizados, bares e restaurantes.. diziam que eu tinha futuro.. o meu pai então adorava ouvir-me..
  • Podia ter enveredado pelo desporto.. sempre tive alguma facilidade em praticar todo o tipo de desportos e salvo a modéstia, até tinha jeito pra coisa..
  • Podia ter ido pra faculdade seguir programação informática.. afinal foi esse curso que tirei e toda a minha vida estive em contacto com computadores.. e adoro programar..
  • Podia ter seguido a profissão do meu pai.. indústria hoteleira.. podia ter ficado com o café deles.. remodelar.. dar um novo look e aproveitar pra dar o salto pra outros horizontes..
  • Podia ter seguido letras.. adoro ler.. escrever.. e tenho bastante facilidade em comunicar com os outros..
  • Podia ser fotógrafo.. adoro fotografia e imaginação não me falta.. com mais umas luzes e quem sabe?
  • Podia ser crítico de cinema.. adoro.. vivo-o.. respiro-o..
  • Podia ser Desenhador... bem.. neste momento é o que faço.. mas não me sinto como tal.. não me sinto realizado e não é o que quero para o resto da minha vida..
  • Podia trabalhar em rádio.. gosto.. tenho uma voz agradável (na minha opinião..) e gosto de improvisar...
  • Podia ser cómico num programa de T.V... pois tenho um sentido de humor bastante (talvez até demais..) apurado..
  • Podia ser actor.. de cinema ou teatro.. desde puto que adoro representar.. e tenho a mania que até tenho vocação para.. :)
  • Podia ser Filósofo.. adoro filosofia.. e aí poderia dar largas ao meu pensamento.. o ano passado estive inscrito em Filosofia, mas ao fim de algum tempo (2 dias..) lá resolvi desistir do curso..
  • Podia.. podia.. podia..

Tomei a decisão (vamos ver por quanto tempo..) de voltar a estudar.. vou tentar tirar Engenharia Mecânica no ISEL.. Vou começar a preparar-me já a partir do mês que vem..

Espero conseguir estabelecer um rumo para mim e poder dedicar-me a ele a 100%..

No fundo quero tudo.. muito depressa.. demasiado talvez..

Sou como Fernando Pessoa no poema, "Só quero rosas desde que não haja rosas"...

9 comentários:

Isabel Casa Nova disse...

Tens de pensar nas mais variadas experiências e situações que já passaste e vivestes, e mesmo "ainda" te sentindo um bocadinho a pensar no "que ser quando for grande", com toda a bagagem que já levas, abriste outros horizontes e as tuas perspectivas são certamente hoje, bastante diferentes do que eram há uns anos atrás... Nada seria hoje como é se não tivesses feito esse percurso, do bom, do menos bom, do necessário, do dispensável...
Tens o meu apoio a 100%... e mesmo quem diz a pés juntos que sabe o que quer e que se encontrou, no fundo, no fundo, há sempre qualquer por resolver, por descobrir... Persiste sempre uma dúvida mais profunda, e é mais que inevitável que assim seja, e talvez isso até seja bom... é na eterna busca de nós e da nossa "vida" que vivemos...

LuciaLourenço disse...

I know what you feel... quando tive que escolher àrea para prosseguir os meus estudos, tive muita gente que ficou decepcionada com e minha escolha... uns acreditavam que eu tinha nascido para Arquitectura, outros para Ciências... mas segui o meu coração... decidi por mim e para mim...
É natural que uma pessoa se sinta "desorientada"... mas não podemos "navegar" entre escolhas... temos que traçar o nosso rumo...
Por vezes, traçar o nosso rumo é dar "um tiro no escuro"... mas temos que o fazer, só assim conseguiremos dar o melhor de nós!!

Um beijo da prima

Visi disse...

Ainda bem que vais voltar a estudar.Eu fui muito muito burra!Agora, paciência, já nao tenho oportunidade.Ès desenhador...que maravilha...sempre adorei desenhar, já fiz retratos a cavão...tenho uma veiazita que nao foi estimulada e acabou por murchar.Olha....força....tens a vida á tua frente, sobrinho azul!!

Joquinhas

Danni disse...

Procuramos sempre o melhor rumo a dar a nossa vida e esse rumo não é estático... adapta-se e renova-se com o desenrolar dos nossos dias. Sei que darás o teu melhor naquilo a que te propuseres. Afinal de contas, capacidade, inteligencia e empenho não te faltam! Boa sorte no novo rumo que estás a traçar para ti... e ficas já avisado que o nosso cibercantinho de loucura é para manter, sob pena de eu ter de me chatear (o que seria demasiado mau para a humanidade em geral e para ti em particular). Agora que já estás deveras em pânico... bom fim de semana... eheheh. Jinhos lindinho!

EMN disse...

Primo lindo...

Percebo-te muito bem. Quando era mais piquena ainda (lololol) tinha a mania que podia ser tudo o que quisesse, desde Bailarinha, professora, actriz, cozinheira, cantora,..... e até astronauta!

Pois é saí como arquitecta e não quer dizer que pare por aqui.

Amigo segue a vida com calma e aproveita todas as oportunidades que te abraçarem... quem sabe!

GO WITH THE FLOW!

beijão

emn***

Pierrot disse...

Bom, e eu vim cá dar uma espreitadela ao teu cantinho, aliás, um deles.
Como não tenho muito tempo para andar a cusca-los, resolvi pegar este pelo tema... Carpe Diem, neste caso, Karpe Diem.
E esta giro te digo.
A frase que li em 1.º lugar, é uma citação que já conhecia mas que infelizmente nem sempre me lembro dela.
Parabéns pelo blog e gracias por me teres dado este coice na lembradura ;-)
Abraço
Eugénio

Ah, e gracias por teres passado lá pelo meu cantinho.

Su disse...

pois, acho q todos temos inumeras versões, resta-nos a que se nos prega á pele por uma escolha de um dia...

eu, q já vou prós 33, com queda p algumas coisitas, com curso na mão, mesmo com carreira prospera, continuo a n saber o q quero, quero tudo e n quero nada!

por outro lado, as pessoas mais interessantes chegam a velhas e n sabem o que querem! nunca é tarde!

:)

Ruby Sackville-Baggins disse...

Desejo então boa sorte, principalmente para ver se estabeleces um rumo para ti, ou então vai fazendo o que gostas no momento, também vale a pena assim :)

**

Lidia Guedes disse...

És um menino muito habilidoso;) jinho*