terça-feira, dezembro 16, 2008

Carpe Diem






Carpe diem quam minimum credula posteroTu ne quaesieris, scire nefas, quem mihi, quem tibifinem di dederint, Leuconoe, nec Babyloniostemptaris numeros. ut melius, quidquid erit, pati.seu pluris hiemes seu tribuit Iuppiter ultimam,quae nunc oppositis debilitat pumicibus mareTyrrhenum: sapias, vina liques et spatio brevispem longam reseces. dum loquimur, fugerit invidaaetas: carpe diem quam minimum credula postero.

Ok ok.. in português:

Colhe o dia, confia o mínimo no amanhã
Não perguntes, saber é proibido, o fim que os deuses darão a mim ou a ti, Leuconoe, com os adivinhos da Babilônia não brinques
É melhor apenas lidar com o que se cruza no teu caminho
Se muitos invernos Jupiter te dará ou se este é o último,que agora bate nas rochas da praia com as ondas do mar Tirreno: sê sábio, bebe o teu vinho e para o curto prazo reescala as tuas esperanças.
Mesmo enquanto falamos, o tempo ciumento está a fugir de nós.
Colhe o dia, confia o mínimo no amanhã.

"Odes" (I,, 11.8) do poeta romano Horácio (65 - 8 AC)

Esta é a minha filosofia de vida! Afinal de contas o que temos além do Presente? E mesmo esse é areia que nos escorre por entre os dedos.. por isso há que saborear cada momento com a máxima intensidade possível..

4 comentários:

Blue by Side disse...

Na tua ânsia de viveres os teus momentos com a maior intensidade que teu espírito seja capaz de alcançar, correrás o risco de te esquecer que esses momentos nem sempre serão só teu e de que, provavelmente, haverá quem precise de os viver de forma diferente, talvez menos intensa mas nem por isso menos significativa!
Concordo com Horácio, mas, se repararmos no que escreveste, temos que ter em atenção um pequeno pormenor; tal como o vinho, há quem saboreie a vida de forma diferente, pois haverá quem "a beba" sofregamente e haverá, certamente, quem a disfrute aos poucos, de forma cândida, pacífica!
Cada um é como cada qual e aprecio o teu gosto por viver com intensidade, contudo, não posso deixar de pensar que, provavelmente, já deixaste alguma coisa passar-te ao lado porque não paraste para a confrontar de frente! Acontece a todos, claro!!!

Karlytus disse...

Obrigado pelo teu comentário e por deixares aqui a tua opinião..

Deixa-me apenas dizer-te que viver intensamente não é o mesmo que viver rápidamente sem tomar atenção aos pequenos pormenores à nossa volta.. pelo contrário, é absorver tudo, saborear tudo..

Blue by Side disse...

Acreditas mesmo nisso, não acreditas?!

alerts disse...

balenciaga handbag
balenciaga handbags
balenciaga
balenciaga bags