segunda-feira, abril 27, 2009

Cavalo Russo







Sábado foi noite de fado.. isto dito pela minha mãe quer dizer que é noite de ir sair, ir pra “rambóia”, porém para mim foi mesmo noite de fado na verdadeira acepção da palavra (gosto desta expressão tá? Lol ).

Cresci a ouvir fado.. Amália, Maria da Fé, Alfredo Marceneiro, Fernando Farinha entre muitos outros sempre foram, para mim, nomes e vozes familiares.. os meus pais adoravam e até cantavam.. bom a minha mãe nem por isso, mas não deixava de tentar.. lol já o meu pai tinha uma voz extraordinária e chegou mesmo a ir fazer audiências para cantar na rádio (ainda eu não era nascido..) porém o nervosismo tirou-lhe o “pio”.. literalmente.. o meu pai não conseguiu emitir qualquer palavra quando o colocaram em frente a um microfone.. e assim se perdeu um potencial grande fadista..

Bom, no Sábado jantei ao som de 3 fadistas (2 homens e uma mulher, cuja filha fazia 32 aninhos.. tão novinha.. loool) hum.. como hei-de defini-los sem ferir susceptibilidades ? Hum.. eram.. esforçados! Pelo menos a cor rubra dos seu rostos e as suas veias quase a rebentarem assim o sugeria.. lol

Qualidade à parte, adorei! Para mim fado tem que ser ao vivo.. todo aquele ambiente.. aquelas piadas.. aquelas vestes.. as pessoas.. o povo.. a simplicidade.. o jarro de vinho em cima da mesa.. as toalhas das mesas aos quadrados.. lindo, mágico !!!




Quero muito fazer isto mais vezes.. porém não é fácil encontrar companhia à altura, pois este estilo musical (Português.. sim o fado é um estilo musical de origem portuguesa.. A palavra fado vem do latim fatum, ou seja, "destino", sabiam?) não é muito querido pelos jovens de hoje.. fado é nostalgia.. fado é sentimento.. e isso hoje é coisa de literatura e cinema.. clássico! Lol



Bem, deixo-vos com um dos meus fados preferidos..



Cavalo ruço





Eu tive um cavalo ruço

Que se chamava gingão

De uma capona bravia

Que eu queria e sentia

Como a um bom irmão


Era o cavalo mais lindo

Que nasceu no Ribatejo

Eu nunca tive outro assim

Tão manso que enfim

Ainda o desejo


Saltava que era um primor

Tudo fazia com graça

Era bom a tourear

A derribar sem vacilar

No campo ou na praça


Corria lebres com gosto

E nenhum galgo o passava

E quando o viam a correr

Com prazer, sem sofrer

A todos pasmava


A brincar lá na lezíria

O iam admirar

Ainda parece que o vejo

Á beira do Tejo

A correr e a saltar


Foi um toiro que o matou

Num dia de infelicidade

Eu nunca mais montei

Nem sei se o farei

Tal é a saudade !



Quanto à autoria.. isso pra mim ainda é um mistério.. pelo que consegui apurar este fado tem mais de 60 anos e é de autoria de um sr chamado Fontes Rocha. Porém há quem diga que é da autoria de Frederico Valério.. o que é certo é que é um excelente fado.. pelo menos para mim.. ;)



Nota: apesar de gostar imenso deste fado sou contra a tourada..



E apesar desta ser mais pequena que as outras,

desjo-vos uma Grande semaninha

com muitos momentos azuis..!

29 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Não tenho muita familiaridade com o fado... apenas conheço as incontornáveis ou as que toda a gente conhece.


Mas por acaso andei todo o fim-de-semana a cantarolar a "Povo que Lavas no Rio"... :p

Coincidências...

Boa semana*

Karlytus disse...

Ginger..: sim essa conheço bem.. :)beijinho e uma semana feliz!

Olhos Dourados disse...

Fado não é do género que mais goste.

Karlytus disse...

Olhos Dourados: pois é normal.. tal como disse, a juventude de hoje n aprecia.. mas há excepções.. ;)

Myosotis disse...

Também cresci a ouvir fado. Ainda me lembro de o ouvir no gira discos que a minha avó tinha e das cantorias lá em casa dela :) Há fados que adoro. Há fados que detesto. Como em tudo na vida!! Mas são os mais tristes que me "chamam" mais. E o resto depende muito de quem o interpreta.

**Beijinhos**

Minhoca disse...

Concordo, fado deve ser ao vivo, e eu nem sou grande apreciadora, mas um jantar numa casa de fados é realmente uma coisa que gosto muito e que vale mesmo a pena:)

HannaH Sophia disse...

por acaso tb passei a tarde de sabado a ouvir carlos paredes... so a guitarra, k é para mim, a verdadeira essencia do fado..

obgda pela visita volta sempre!:)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Ei-lo que volta. Andas muito desaparecido ;)

O fado é um pouco como o jazz: também é preciso aprender a ouvi-lo, a gostar. Mas conheces Paulo Bragança? Tem ul abum espectacular com musicas muito sofridas, e o mais recente também me cativou bastante.

Ouve e depois diz-me algo.

Amália gosto tambem do povo que lavas no rio como lembrou a Gingerbreadgirl. Eu sou todo assim: empolado e sofrido como esse cantar.

Abraço sempre amigo :)

Karochinha disse...

Ai amigo, eu também já fui ouvir Fado ao vivo numa casa de fados perto do Hospital dos Capuchos (não me recordo do nome) e ADOREI, é tão Português, tanto sentimento, tanta familiaridade e tanta tradição, é impossível não gostar, falando por mim, claro!
Que bela noite, sim senhor!

Beijocas ;)

LoUcUrAs_dOs_22 disse...

Fado clássico não é musica que aprecie! mas anda agora por aí um novo estilo de fado. Gosto dos Deolinda! :D

beijinhos e mts LoUcUrAs

Iris R. Costa Barroso disse...

Eu adoro fado, mas tem que ser muito bem catado.

Sempre que posso e a carteira aguenta, vou até ao Bacalhau de Molho (Casa de Linhares), ouvir a Raquel Tavares, Jorge Fernando, Ana Moura e companhia... São horas bem passadas, depois vamos beber um copo ao Kuta Bar e ouvir lounge music, ou ver um concerto no Onda Jazz, onde foi feita a estreia da peça teatro que escrevi há 3 anos atrás.

São boas noites...Tempos bem passados.

Mimo Azul disse...

é uma semana que de grande... só se for em acontecimentos!!! Porque é mais curta!!! Hoje é como se fosse quarta-feira!!!!

Fui uma vez jantar e ouvir fado, Adorei!!! Embora não seja assim o meu estilo preferido, acho que é uma noite diferente e divertida!!


bjcaaaaaaaaaaaaaaaaa azul e laranja!!!

danni disse...

E por falar em fado... sexta-feira, dia 1 de Maio às 00:00h... que dirias a uma horinha na minha companhia, em total silêncio, a ouvir a guitarra de Coimbra a arrepiar cada milimetro da nossa pele, enquanto as vozes dos estudantes entoam o fado no cimo das escadarias da Sé Velha??? Mágico, não? Claro que é preciso gostar (e acima de tudo, sentir) o fado de Coimbra... eu sinto-o... e tu?

Jinhos e uma excelente seman pra ti ;)

Karlytus disse...

Myosotis: sim os fados mais tristes sao aqueles q mais nos tocam pois é esse o verdadeiro propósito do fado.. pelo menos para mim.. alguns deixam-me mm arrepiado.. claro q depende mto de quem o canta e como o faz..

um beijinho pra ti!

Karlytus disse...

Minhoca: é mesmo.. se n for ao vivo n tem mais de metade da piada.. :)
beijos!

Karlytus disse...

HannaH Sophia: Carlos Paredes é único.. a guitarra na sua mao fala.. geme.. chora..
O mesmo para ti.. ;)

Beijinho

Karlytus disse...

Daniel: Caro amigo! E nem sabes a ginástica q faço para passar por aqui e pelos vossos cantinhos.. tenho mm de gerir melhor o meu tempo.. n dá pra nada.. ou entao sou eu q quero mto.. lol
Paulo Bragança n conheço mas vou procurar.. ;)
Amália é "só" o expoente máximo do fado..

Aquele abraço!

Karlytus disse...

Karochinha: n conheço mas gostava..! quem sabe um dia n vamos os 4 a um jantar desses? tu e o txugo eu e ... bem.. n sei.. hehehe logo se vÊ.. :)

Beijinhos pra ti!

Karlytus disse...

Loucuras dos 22: Tb gosto de Deolinda.. de Naifa.. de Donna Maria.. mas tb de Fado clássico.. :)
gostos.. ;)

beijinhos e tudo a correr bem!

Karlytus disse...

Iris..: hum.. entendida hein? tens q me dizer onde ficam essas casas.. fiquei curioso.. lol

Beijokas azulis!

Karlytus disse...

Mimo azul: sim.. mas pode mm ser Grande!! lol eu tb adorei o serão.. diferente sem dúvida.. :)

beijinhos azuis!

Karlytus disse...

Danni: isso é um convite?? olha q sou capaz de aceitar..! :) acho q ia adorar.. conheço pouco mas se tem sentimento só posso gostar..
Um beijinho bem especial pra ti minha querida amiga!

Daniela disse...

Por acaso não aprecio muito o fado, mas também depende dos fadistas em questão.

beijinho
boa semana

Lidia Guedes disse...

Sim também sou contra as touradas. E sim também gosto de fado.:)
Beijinho

sonhos/pesadelos disse...

adorava poder ir a uma noite de fados, acho que tem qualquer coisa de mágico...ainda hei-de ir!
bjs endiabrados

Karlytus disse...

Daniela: sim depende bastante.. e do ambiente.. ;) beijokas!

Karlytus disse...

Lidia: sim as touradas é algo de mto bárbaro.. enfim.. viva o fado! lol
beijinho

Karlytus disse...

Sonhos/Pesadelos: entao qd vieres a lx tens que experimentar! ;)
beijinho grande!

Girstie disse...

Não sou necessariamente apreciadora de fado mas adorava ouvir o grupo de fados da minha universidade. Era um sentimento diferente.

Mas o fado é nosso, é típico e noites assim diferentes são as melhores. Basta haver boa companhia e gostar-se do serão.

Na semana passada também jantei ao som do fado. Mas era bem mau!